Notícia

Parceria do Campus Inconfidentes com o Senar e Fundação Rocha proporciona no

Parceria com o Senar

Foto

Publicado em 18/03/2019, por Roberto Mendonça

ntre os dias 04 de fevereiro e 12 de março, a parceria entre o Campus Inconfidentes, Fundação Rocha e Senar/MG proporcionou a realização dos cursos de Classificação e Degustação de Cafés Convencionais, Classificação e Degustação e Cafés Especiais, Equitação – Treinamento e Aperfeiçoamento em Rédeas, Recuperação e Proteção de Nascentes e Formação de Barista.

Entre os dias 04 a 08 de fevereiro, aconteceu na Fundação Rocha o curso de Classificação e Degustação de Cafés Convencionais, com carga horária de 40 horas e contou com 13 participantes, entre produtores rurais e filhos de produtores

Rafael Gustavo Moraes de Oliveira, instrutor do Senar há 3 anos, natural de Bom Sucesso, contou que o curso ensina a realizar alguns ajustes para melhorar a pontuação do café e agregar valor ao produto. “Abordamos os tratos, o manejo, o preparo do terreiro, alguns detalhes que o produtor não faz”, contou Rafael. “Eles aprenderam também a parte sensorial”, completou.

O participante Cleudis Aparecido Barbosa, produtor rural morador de Inconfidentes, contou escolheu fazer o curso para aumentar a qualidade do seu produto e avaliou a capacitação como útil em seu dia a dia.

 

Classificação e Degustação de Cafés Especiais

 

02Aconteceu também na Fundação Rocha, entre os dias 04 a 15 de fevereiro, com duração de 40 horas, o curso de Classificação e Degustação de Cafés Especiais com 8 participantes, sendo pré-requisito a realização do curso de Cafés Convencionais.

O instrutor do Senar, Rafael Gustavo Moraes de Oliveira, destacou a presença de participantes de Bueno Brandão e Inconfidentes, na maioria produtores rurais. “Eles aprendem os sabores que os cafés especiais vão apresentar e a pontuarem esses cafés”, disse Rafael. “Também ensinamos alguns cuidados que eles podem fazer no terreiro para chegarem a esse café especial”, completou.

 

Equitação – Treinamento e Aperfeiçoamento em Rédeas

 

20190214 152239Aconteceu no Rancho Fortaleza, entre os dias 11 a 14 de fevereiro, o curso de Equitação – Treinamento e Aperfeiçoamento em Rédeas. A capacitação contou com 13 participantes, todos produtores rurais da região e teve carga horária de 32 horas.

Carlos José Gorgulho, instrutor do Senar há 3 anos, natural de Itajubá contou que a equitação é a forma de conversar com o cavalo de forma que ele entenda, usando uma linguagem universal. “Você monta um cavalo aqui no Brasil, monta na Europa, na China, são os mesmos comandos”, disse o instrutor. “O cavalo faz tudo que você quer, coisas que ele não faz naturalmente. É um trabalho de comunicação entre cavalo e cavaleiro para melhorar a performance do cavalo”, completou Gorgulho.

A participante Victória de Oliveira Belo, moradora de Ouro Fino, cursa Zootecnia no IFSULDEMINAS – Campus Machado e utiliza com frequência o cavalo nas atividades rurais de seus familiares. “O curso ajuda agente a aprender a trabalhar com mais facilidade sem judiar do animal”, comentou Victória.

 

Recuperação e Proteção de Nascentes

 

1Aconteceu na Fazenda Escola do Campus Inconfidentes o curso de Recuperação e Proteção de Nascentes, que contou com 12 participantes e teve carga horária de 24 horas. A capacitação ocorreu entre os dias 20 e 22 de fevereiro.

Vinícius Sgorlon Ribeiro, instrutor do Senar há 3 anos, biólogo formado pela Universidade Federal de Lavras, contou que durante o curso os participantes aprendem todo o ciclo hidrológico, toda movimentação da água no planeta. “Ensinamos toda dinâmica de uma nascente, como funciona o abastecimento, algumas técnicas para melhorar o abastecimento das nascentes, o que podemos usar para melhorar esse abastecimento”, comentou Vinícius. “Durante a parte prática fazemos todo um procedimento de desassoreamento dessa nascente, fazendo uma caixa de proteção com encanamento, deixando com que ela fique livre de contaminação e bem protegida”, completou o instrutor destacando que os participantes também aprendem toda pate de legislação ambiental.

 

Formação de Barista

 

manha01Aconteceu na Fundação Rocha, entre os dias 11 e 12 de março, o curso de Formação de Barista. A capacitação, que teve carga horária de 16 horas, contou com duas turmas, sendo uma no período da manhã com 9 participantes e outra no período noturno com 8 participantes.

A capacitação foi ministrada pelo instrutor do Senar, Júlio Cesar Caldeira Barbosa, que é empresário e barista.

 Informações sobre os próximos cursos que serão oferecidos podem ser obtidas na Fundação Rocha, através do telefone (35) 3464-1328.